terça-feira, 18 de setembro de 2007

Adriana Vilhena

Tem coisa melhor do que colocar o papo em dia com uma amiga querida? Hoje tive a oportunidade de fazer isso. Mesmo numa conversa rápida, deu p falar de filhos, trabalho, estudo e expectativas do futuro.

O melhor de tudo é perceber que o carinho continua o mesmo apesar da longa distância que nos separa. Há muitos anos atrás minha amiga Adriana resolveu deixar Rio Branco para estudar, deixou para trás também toda a sua família e os muitos amigos que fez.

No começo confesso que sua ausência me fez muita falta, depois com o passar do tempo a gente termina se acostumando com tudo, até com o que é ruim e eu me acostumei com a ausência das longas conversas, dos desabafos, dos passeios, do sutaque paraense e até da maniçoba que as vezes a mãe dela fazia só p reunir os amigos.

Porém a distância não significa esquecimento, e dentro de nós ainda temos o nosso pacto de adolescência: juntar nossa pedrinha quando nossos desejos (da época) estiverem realizados. Acho que ano vem essa pedra se une novamente.

0 comentários:

:)) ;)) ;;) :D ;) :p :(( :) :( :X =(( :-o :-/ :-* :| 8-} :)] ~x( :-t b-( :-L x( =))

Postar um comentário